Meus livros | Мои книги | My books






gênero: poesia
ano: 2020
editora: Ipêamarelo
sinopse: A vida e seus fenômenos. A vida com seus motivos e suas fugas. Esse é o tema de Estado da corda sol quando se exagera na tensãoSonho, arte e fantasia alternam com temas prosaicos: trabalho, amor, insônia. E o modo de encarar a realidade — ora mais esperançoso ou pessimista ou pé-no-chão — muda a cada poema, como varia também no dia a dia, dependendo do humor com que acordamos. Sentimentos sucedem-se como os acordes numa canção, num ritmo que ora acelera, ora se acalma, até silenciar de todo.

*Envio apenas dentro do Brasil


gênero: romance (ficção histórica)
comprar
sinopse: No Século I d. C., Heric Von Brandeburg, o chefe de uma Aldeia viking na antiga Noruega, tem uma grande preocupação: providenciar a sucessão do cargo. Suas princesas não estão dispostas a cooperar, aceitando fácil o casamento com os guerreiros que ele designou. A teimosia é um problema grave, certamente... para quem nunca foi muito longe da orla da floresta que rodeia a Aldeia. Mas o mundo era muito mais amplo e complexo do que os habitantes da Aldeia podiam compreender. Acontecimentos e inimigos inesperados empurram seus pés para a estrada... e para o mar. Sejam princesas, guerreiros ou escravos, estes jovens imaturos terão de crescer a força quando se depararem com os extremos da maldade e da bondade humanas, sendo submetidos aos mais diversos conflitos, desde perseguição religiosa até traições, revoltas e prisões, em meio ao consolo de amigos e amores. Se personalidades forjadas em circunstâncias tão diferentes forem postas frente a frente novamente, os antigos laços afetivos poderão sobreviver? Conheça a bárbara história da Aldeia, do exílio e da guerra dos Von Brandeburg.


comprar

gênero: conto (ficção adolescente)
sinopse: Qualquer questionário bobo de colégio - na época em que eles eram moda - tinha a pergunta "Quem você levaria para uma ilha deserta?". Bem, e quem você NÃO levaria?
Veremos como Melissa se sai de uma dessa...




comprar



gênero: não-ficção
língua: inglês
sinopse: Have you been dreaming about writing your book, but you don’t really know where to start? Did you write some stuff already, but feel it’s not quite the way you wanted it, yet you don’t know how to fix it? Then this book is for you.In a simple, informal language, “Keys for a good writing” pinpoints seven key factors that influence the quality of your writing and tells you how to improve them. The book is perfect to those who need a head start on the world of letters and don’t have much time to dig the gold from the long essays of the famous writers.


baixar | ler online
gênero: humor, contos, antologia de vários autores
sinopse: A gente percebe a que ponto o Brasil chegou quando sites criados para postarem notícias ficcionais absurdas começam a perder a graça por não conseguirem competir com a realidade em nível de surrealismo. Mas, como dizia aquela velha propaganda ao som da música do Raul Seixas, “o brasileiro não desiste nunca”, e já surgiram por aí artistas de diversas artes correndo atrás do prejuízo para nos devolver o riso. Da charge ao deepfake, passando pelo meme e a paródia, novas obras pululam todos os dias na internet ajudando-nos a aliviar a tensão gerada pela somatória de uma pandemia com um desgoverno, e provando mais uma vez que rir é o melhor remédio. A ideia de uma antologia que ironizasse o Brasil atual surgiu quando percebemos que os escritores tampouco estão silentes e vêm tentando cumprir seu papel de médicos-cômicos, nem que seja para si mesmos e um pequeno círculo de amigos, escrevendo para desabafar, vingar-se dos algozes como sabem melhor. Dispersas, porém, suas vozes não chegariam longe e não atingiriam seu máximo potencial libertador. A antologia Rindo de Nervoso surgiu justamente para preencher esse vácuo, qual seja, a falta de um “megafone” para as vozes dos literatos nacionais. Ela reúne sátiras curtas que, expondo o ridículo da atual realidade brasileira com precisão e estilo, mostram, por vários ângulos, quão nu está o rei — e, honestamente, parte do povo também. Do mercado financeiro à cegueira dos espiritualmente iluminados, nada escapa aos olhos dos nossos satiristas, que expressaram as várias incoerências encontradas numa igual variedade de vozes. A paranoia anticomunista, o anti-intelectualismo reinante, o tratamento desigual de iguais ou a equiparação indevida de desiguais — tudo isso encontra expressão neste livrinho, que nos transportará muitas vezes do riso culpado à franca gargalhada. E se a gargalhada do povo puder quebrar o encanto que ainda pesa sobre parte dele, tanto melhor.





Comentários